VÍDEO: Presidente da Câmara de Cajazeiras sanciona lei que reduz carga-horária dos profissionais de enfermagem


Diante da falta de resposta do poder executivo, a lei voltou para a Câmara e foi promulgada pelo presidente, conforme preconiza a Lei Orgânica do Município

O presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras, vereador Marcos Barros de Souza (PSB), sancionou nesta terça-feira (11), em sessão ordinária, a Lei nº 2.772/2018, de autoria da vereadora Léa Silva (DEM), que dispõe sobre a redução da carga-horária de 40 horas semanas dos profissionais de enfermagem de Cajazeiras para 30 horas semanais.

A lei já havia sido aprovada pelos vereadores e enviada para apreciação do prefeito José Aldemir Meireles (PP). Mas, segundo Marcos Barros, o prefeito não sancionou nem vetou. Diante da falta de resposta do poder executivo, a lei voltou para a Câmara e foi promulgada pelo presidente, conforme preconiza a Lei Orgânica do Município.

No auditório estavam presentes vários profissionais de enfermagem e gestores de saúde que aplaudiram o momento da assinatura da lei pelo presidente da Câmara.

Vereadora Léa Silva, autora da lei das 30 horas da enfermagem
Vereadora Léa Silva, autora da lei das 30 horas da enfermagem

Representando a categoria dos enfermeiros e dos servidores públicos municipais, três pessoas foram convidadas a fazer parte da mesa diretora e usar a palavra.

A presidente do Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Cajazeiras (Sinfumc), Elinete Lourenço; o conselheiro representante do Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (Coren-PB), José Ribamar; e o técnico de enfermagem Diego Alves agradeceram aos vereadores pela aprovação unânime da lei e ressaltaram que a redução da carga-horária vai refletir na melhoria da qualidade dos serviços prestados pela categoria.

Veja na imagem abaixo a referida lei

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar