LEVANTAMENTO MOSTRA PROPOSTAS DOS CANDIDATOS AO GOVERNO PARA O ESPORTE

Época de eleição e os mais variados temas preenchem os planos de governo dos nomes que pleiteam cargos no executivo estadual e federal. Na Paraíba não poderia ser diferente e o CORREIO fez um levantamento no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para saber o que os candidatos ao Governo da Paraíba nestas eleições estão propondo quando o assunto em questão é Esporte.

O objetivo é que a comunidade esportiva paraibana possa ver as propostas dos candidatos, com as formas particulares que cada um propõe ações para o setor.

O desafio de eleger propostas que realmente sejam interessantes é gigante, afinal somos um estado com um futebol pulsante, desde os grandes clássicos do Campeonato Paraibano, passando pelos tantos nomes que já vestiram a camisa da Seleção Brasileira, até chegar aos nossos inesquecíveis nomes das modalidades olímpicas e paralímpicas, que já exibiram para o mundo inteiro nos pódios, a força que o povo paraibano tem, ao exibir a bandeira nas cores vermelho e preto.

Entre os cinco nomes que disputam o Governo da Paraíba (João Azevêdo, Lucélio Cartaxo, Rama Dantas, Tárcio Teixeira e Zé Maranhão), alguns tratam o tema de forma bem específica em seus planos de governo, valorizando o esporte de alto rendimento, a iniciação esportiva, o futebol profissional e amador, além de programas de incentivo, a exemplo do Bolsa Atleta.

Por outro lado, ainda existem candidatos que priorizam outros temas e tratam o Esporte de forma genérica, inserindo a temática tão somente atrelada ao lazer ou integrando itens, onde no macro estão a construção de praças ou conjuntos habitacionais. Ainda há quem nem chegue a citar nada sobre Esporte dentre as suas propostas para o povo paraibano.

Como na Paraíba a política envolve todos os meios, no mundo dos esportes não é diferente. Na Federação Paraibana de Futebol (FPF), o novo presidente será escolhido no próximo dia 29 de setembro.

O que eles dizem?

JOÃO AZEVÊDO

Trata em seu plano de governo propostas voltadas para a valorização das modalidades olímpicas e paralímpicas, além do Programa Bolsa Atleta.

Criar centros olímpicos de formação poliesportiva, para a formação de atletas nas diversas modalidades esportivas olímpicas e paraolímpicas. Esses centros serão integrados à política do programa ensino em tempo integral, em toda a rede estadual; ao Programa Bolsa-Atleta, ampliado e requalificado;

Em articulação com a sociedade organizada, propor a elaboração e instituição do Plano Estadual do Esporte, Paradesporto e Lazer do Estado da Paraíba.

Estimular a capacitação continuada de professores de Educação Física, da rede estadual de ensino em modalidades esportivas e paradesportivas presentes nos Jogos Escolares e Paraescolares da Paraíba;

Realização de parcerias com cursos superiores de Educação Física, com a finalidade de criar ações esportivas, paradesportivas e de lazer para crianças, adolescentes, jovens e idosos;

Adotar contrapartida social para ações esportivas nos editais do Pacto pelo Desenvolvimento Social da Paraíba.

ZÉ MARANHÃO

Dentre os candidatos, é o que possui o plano de governo voltado para o Esporte com maior número de itens. Entre os principais estão:

Elaboração de projetos que contemplem a construção de centros esportivos com espaços voltados para vocação desportiva em cada região do Estado;

Firmar parceria com os Clubes Profissionais de Futebol para planejar, elaborar e implementar projetos voltados para a captação de recursos incentivados;

Criar programas, no conjunto do sistema escolar do Estado, que apóiem e fortaleçam as práticas esportivas das escolas;

Inovar o modelo de participação das escolas nos Jogos Escolares, desde o interclasse, diversificando modalidades e criando formas de interação entre poder público e participantes;

Desenvolvimento do Esporte, do Paradesporto universitário e comunitário;

Firmar parcerias com os Clubes Profissionais de Futebol e Clubes Sociais do Estado para a criação de escolinhas, visando potencializar o esporte como meio de participação social;

Criação do Programa Paraíba Radical;

Criar escolas ou centros para formação de técnicos esportivos nas diversas modalidades, com graduação em Educação Física;

Implantar efetivamente o Bolsa Atleta Estadual para todas as modalidades esportivas, inclusive treinadores;

Construção, reforma e manutenção da infraestrutura esportiva/paradesportiva e de lazer nas instituições públicas de educação básica, técnicas, profissionalizantes e universitárias;

Construção, modernização, implementação e manutenção de Vilas Olímpicas em todas as regiões do Estado, dentro dos princípios de acessibilidade e sustentabilidade.

TÁRCIO TEIXEIRA

Fala sobre “uma gestão focada apenas na esportivização da oferta dos esportes, mais especificamente, focada no futebol, como acontece”.

Estabelecer diálogos permanentes com as entidades que promovem ações voltadas para o esporte e lazer no estado, tornando-os parceiros da gestão pública;

Revitalizar/requalificar espaços/equipamentos que favorecem a vivência de práticas voltadas para o lazer e esporte;

Estimular a população à/ao ocupação/uso dos espaços e equipamentos para prática de esporte e lazer;

Buscar parcerias com as esferas Municipais e Federal na implementação de políticas públicas de esporte e lazer permanentes à população;

Implementar uma política pública de esporte e lazer permanente em diferentes cidades, em especial àquelas que possuem um alto índice de vulnerabilidade social, oferecendo diferentes linguagens que compõe os interesses culturais da Juventude e da população de forma geral;

Garantir materiais necessários para o desenvolvimento da Política Pública de Esporte e Lazer do Estado;

Construir por meio da Conferência de Esporte e Lazer um projeto de lei que crie uma política pública de Esporte e Lazer de Estado, com vistas a permanência de ações do setor e criação de cargos para abertura de concurso público;

Fortalecer, por meio de parcerias, as práticas esportivas e de lazer desenvolvidas nos diversos municípios;

Assegurar a formação continuada às/aos trabalhadoras/es de Esporte e Lazer do Estado.

LUCÉLIO CARTAXO

Apresenta propostas genéricas, como uma dentro do ‘Novo Gira Mundo’, onde coloca que haverá uma versão direcionada a Esportes e no eixo ‘Pessoas com deficiência’ propõe roteiros turísticos acessíveis com a inclusão de atividades esportivas.

RAMA DANTAS

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar