EDITORIALPOLICIAL

11 armas e mais de 100 munições foram levadas de Clube de Tiro na PB, diz delegado

O delgado Braz Morrone da Polícia Civil deu detalhes sobre a investigação do assalto a um clube de tiro no município de Cabedelo, região metropolitana de João Pessoa, na noite desta quinta-feira (22). Em entrevista ao repórter Ewerton Corrêa, da RTC, o delegado revelou que 11 armas e mais de 100 munições foram roubados.

O delegado revelou que os donos do estabelecimento ainda não registraram boletim de ocorrência. Foi solicitada toda a documentação do armamento levado pelos bandidos.

“Primeiramente a gente orientou os proprietários do estabelecimento que pegassem todo a documentação do armamento e trouxessem para registrar um boletim de ocorrência, por esse motivo, a ocorrência ainda não foi registrada. No entanto, assim que tomarmos conhecimento desse assalto eu direcionei uma equipe para pegar as primeiras informações no local”, disse o delegado.

O carro utilizado no assaltou foi roubado ainda nesta semana no município de Santa Rita. O veículo foi encontrado na comunidade Salinas Ribamar, em Cabedelo.

“Lá mesmo tivemos a informação de que foram levadas 11 armas de fogo e aproximadamente 100 munições. Quatro elementos chegaram num Gol branco e a equipe toda da Polícia já está em campo e possivelmente iremos trazer mais novidades em breve”, disse.

O delegado informou que imagens de câmeras de segurança podem ajudar nas investigações.

“Apesar dos quatro elementos terem chegado encapuzados, as imagens sempre são uma ferramenta a mais para identificação de veículos e possíveis suspeitos. As imagens externas e internas já foram analisadas e só estamos esperando agora a captação dessas imagens analisadas pela perícia para dar andamento a investigação”, afirmou.

Funcionários do estabelecimento foram abordados pelos bandidos no momento em que fechavam o clube de tiro.

“Eles entraram no estabelecimento renderam os dois funcionários que estavam saindo, no momento em que eles estavam fechando o clube. Eles chegaram renderam entraram com os funcionários fizeram com que eles abrissem o cofre onde estava. Eles retiraram todo esse arsenal”, revelou.

A polícia civil pede para que quem tem informações sobre esse caso pode contribuir com as investigações através do Disque Denúncia

“Se alguém tiver informações referentes a esse caso específico, pode ligar para o 197, com sigilo absoluto”, finalizou o delegado Braz Morrone.

Você pode enviar informações à redação do portal tvsertaodaparaiba.com.br pelo WhatsApp: (83) 99166-4140.

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar
Pular para a barra de ferramentas