19/03/2017 às 10h38min - Atualizada em 19/03/2017 às 10h38min

Consumidor está cauteloso, mas não deixa de comprar carne

clientes fiquem de olho no selo de qualidade!!

G1.com / Jornal Nacional
Wellington Valêncio - TV Sertão da Paraíba

Foto - Revista Globo RuralO consumidor que foi ao supermercado ou ao restaurante neste sábado (18) foi mais cauteloso e não deixou de comprar carne, mas queria saber a procedência do produto.

Mais que alimento, a carne é uma paixão da qual muita gente não abre mão. "Não abriu mão do churrasco?", pergunta a repórter. "Não, ainda não. Acho que tem órgãos no Brasil pra fiscalizar isso", diz Ricardo Roseira, representante comercial.

Numa grande churrascaria na Zona Sul de São Paulo, o movimento estava pouca coisa abaixo do normal, mas o gerente teve mais trabalho: dar explicações.

“Eles perguntam que carne é essa, que linguiça é essa? Eu digo, não, isso foi lá para o outro lado. Não é a mesma que a gente trabalha”, afirma o gerente.

Ele mostra que toda a carne que vende vem com selos de inspeção e qualidade. A experiência também conta no controle.

Dos 33 servidores do Ministério da Agricultura que foram afastados, nove eram responsáveis por inspeções que terminam com a colocação do SIF, o selo de inspeção federal que vai nas carnes vendidas no país. Há também selos internacionais, municipais e estaduais, como o SISP, de São Paulo. Ou seja, as carnes in natura ou processadas costumam passar por muitas inspeções.     

“A própria carne brasileira ela é exportada para o mundo todo. Não só é verificada aqui...Cuidados e procedimentos são aqui verificados, mas também internacionalmente. Os próprios compradores têm procedimentos", explica o secretário de Agricultura e Abastecimento de São Paulo, Arnaldo Jardim.

"Esses fatos foram isolados. É realmente um crime o que aconteceu com a imagem de um produto que ganhou o mundo, gera empregos, quatro milhões de empregos são gerados pelo nosso setor. Quatro milhões diretos e indiretos. Exportamos para 160 países. Para abrir o mercado são 10 anos de trabalho, 10 anos de luta" , afirma Francisco Sérgio Turra, da Associação Brasileira de Proteína Animal.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
...

Você votaria no deputado ou senador que disser SIM a Pec da Previdência?

31.5%
40.3%
6.2%
22.0%