17/03/2017 às 15h42min - Atualizada em 17/03/2017 às 15h42min

Katy Perry é acusada de bruxaria por querer comprar convento

A artista enfrenta esta batalha legal há cerca de dois anos

NOTÍCIAS AO MINUTO
Emily Pereira - TV Sertão da Paraíba

A juíza em Los Angeles “absolveu” a cantora Katy Perry de uma batalha legal que já dura há mais de dois anos. Esta ‘guerra’ começou depois da cantora ter mostrado interesse em comprar um antigo convento católico em Los Feliz, Los Angeles.

De acordo com o The Hollywood Reporter, tudo começou em 2015. As freiras se opuseram à compra da cantora, visto que tentaram vendê-lo à empresária Dana Hollister e, na semana passada, chegaram mesmo a acusar a artista de bruxaria. 

No entanto, esta terça (14), a juíza do tribunal de Los Angeles, Stephanie Bowick, declarou que as irmãs “não têm nenhuma autoridade para vender a propriedade a Hollister”.

Não é a primeira vez que este assunto é falado na imprensa internacional, uma vez que em abril de 2016 os tribunais já tinham determinado inválida a venda do convento a Hollister.

Katy Perry pretende pagar 14 milhões e meio de dólares, mais de 13 milhões de euros, pelo convento, construído em 1927.

Link
Tags »
Katy Perry acusada bruxaria comprar convento
Notícias Relacionadas »
Comentários »